É carnaval




A espanhola de espartilho vermelho e bochechas rosadas dança animadamente sobre a mesa. Isso, logo em frente a um grupo de rapazes que faz gestos de tourada para seu namorado, que, mal-humorado, finge não ver. Próximo à cena, a havaiana já não tem mais seus colares de flores, distribuiu-os um a um aos foliões com quem dançou pelo salão. Mas em compensação, usa um turbante de califa que ganhou de um admirador que passava, para zanga da odalisca que agora exige dele uma explicação. Um marinheiro, honrando a fama, atravessa o salão cambaleando, abraçado à cintura de duas prestativas colombinas. Dançando descalça com as sapatilhas na mão, a bailarina aguarda o super-homem que foi buscar uma bebida. O homem aranha a observa de longe, aguardando o melhor momento para jogar sua teia. Ao mesmo tempo, dando a quinta volta pelo salão, a Minnie procura em vão pelo Zorro, que conheceu no baile do ano retrasado e nunca mais o esqueceu. Mas novamente ele não foi. Está no outro lado da cidade, na cama, de pijama, vendo a alegria alheia pela tv. Amanhã precisa estar inteiro pra levar as crianças ao baile infantil. Sua roupa, incluindo uma máscara preta e um florete de plástico, está empoeirada, escondida dentro de uma velha mala no porão. Ninguém jamais soube sua verdadeira identidade, e a Clotilde até hoje acredita que ele odeia carnaval. Mas enquanto a festa rola solta pelos salões afora, controle-remoto na mão, o Afonso só suspira… Ai, ai… É carnaval!

* * * * *

#carnaval #crisedameiaidade

Posts Em Destaque
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram